A alta excessiva do Bitcoin está o tornando uma forma menos viável de pagamento para o CyberCrime

As recentes altas do Bitcoin e as taxas excessivas associadas a cada transação estão tornando o mesmo um método de pagamento cada vez menos útil ao underground do cibercrime.

Moedas sempre podem ser usadas para o crime. E se as moedas padrão que já são usadas para o mesmo, não era difícil que as moedas virtuais fossem usadas para isto, principalmente porque as mesmas fornecem uma boa camada de privacidade ao criminoso.

E a moeda se tornou útil para vendas deste tipo no seu início quando ela permitia transações rápidas e que custavam pouco.

E até o início deste ano isto era verdade pois tinhamos taxas menores que US$0,10.

E estas altas de transação tornaram o Bitcoin inviável para a maioria dos pagamentos no underground da internet.
O resultado disto foi que uma série de mercados do underground da internet começaram a pedir aos seus clientes que os mesmos depositassem os fundos em moedas alternativas, como o Litecoin, por exemplo
Aqueles que continuam a pagar este tipo de coisa com o Bitcoin não só estão enfrentando taxas muito altas como também estão enfrentando taxas mais elevadas, como diz Brian Krebs.

Krebs citou o caso do “Carder’s Paradise” que ele analisou recentemente e seus administradores estavam tendo dificuldades devido ao alta do Bitcoin.

E Krebs explica o porque isto está gerando problemas. Ele cita que o depósito mínimo inicial é de 0.0066 BTCs (aproximadamente US $ 100).

Como a taxa de depósito para cada transação é de US$15,14 significa que cada vez que um usuário deposita o valor mínimo nesta loja eles perdem cerca de 15% do depósito em taxas. E isto é complicado para quem mantém um negócio de risco deste tipo.

“O problema é que enviamos os fundos depositados para nossos fornecedores que geram uma taxa de transação adicional no Bitcoin ( a mesma taxa que você paga no depósito )”, explica o site Carder’s Paradise. “Às vezes temos que pagar até US$5,00 de cada US$1,00 que você depositou”.

“Temos que adicionar uma “taxa de depósito” para todos os usuários que usarem o Bitcoin em seus depósitos. Este é o montante que gastamos na transferência de seus fundos para nossos fornecedores. Para compensar seus custos vamos reduzir nossos preços incluindo cartões de crédito para todos os usuários e oferecer-lhe a melhor taxa de câmbio do Bitcoin”.

“Se o preço do Bitcoin continuar subindo esse negócio não será mais lucrativo para nós porque todas nossas receitas serão gastas nas taxas de Bitcoin. Já não possuimos fundos adicionais para melhorar a loja.

“Nós pedimos que vocês comecem a usar o Litecoin o máximo possível. Litecoin é uma maneira muito rápida e barata de depositar fundos na loja. Não vamos cobrar taxas adicionais se você depositar Litecoins”.

 

No caso do Carder’s Paradise o enorme volume de transações permitiu aos administradores baixar o preço dos cartões de crédito roubados para compensar o aumento das taxas de transação, mas este site em específico é um cenário bem excepcional.

“Nossa equipe tomou a decisão de ajustar o anúncio anterior e oferecer uma solução justa a todos reduzindo os preços dos cartões de crédito”, conclui a mensagem .

Sites menores com toda certeza começarão a recusar os pagamentos em Bitcoin caso as coisas não mudem logo. Este é um dos casos que acaba mostrando que o Bitcoin não está cumprindo seu papel, pois seus custos não estão viabilizando que o mesmo vire uma moeda de troca.

E seria este o papel principal que a moeda propôs ao mundo ao ser criada.

Resta saber qual moeda tomará este papel.

Antes que alguém grite que eu estou falando que o Bitcoin precisa servir ao cybercrime, não disse isto.

Somente disse que este caso em específico mostra que o Bitcoin como moeda de troca para o dia a dia está falhando.

Via Security Affairs

loading...