Minas Gerais Inova : Criptomoedas serão aceitas para compra de imóveis

Vi isto em outro blog e resolvi publicar aqui. O trabalho aqui será feito agora com mais afinco. E é legal ver que uma empresa mineira está realmente tão empenhada em ver a Blockchain sendo aplicada em um mercado tão tradicional como o imobiliário.

Procurarei em breve maiores informações sobre isto e vou postando aqui assim que puder.

Apesar dos problemas que estamos tendo com o Bitcoin e suas altas taxas ( até o Cybercrime já resolveu que ele não é bem a melhor forma de pagamento ) outras critpmoedas podem estar trazendo um pouco de alento a alguns mercados.

Em Minas Gerais o sucesso das moedas digitais abriu a possibilidade de dar entrada em um apartamento se tiver uma boa quantia em criptomoedas. Sim, agora pode ser possível comprar imóveis com esta forma de pagamento e inclusive mata um pouco aquele famoso argumento de algumas pessoas que não há aplicação prática em ter criptomoedas guardadas.

Com 20 bitcoins é possível comprar um bom imóvel na região centro-sul de Belo Horizonte que é uma das mais valorizadas da capital.

Ariano Cavalcanti de Paula ( que é o presidente da NetImóveis ) vem sendo um evangelizador deste modelo na capital. Como onselheiro da Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais ele, tal qual a maioria dos especialistas considera as criptomoedas uma forma prática e segura para negociar imóveis.

Ele pede para o mercado imobiliário do Estado aceitar o uso de moedas virtuais, que tem como carro-chefe o Bitcoin. De acordo com Ariano o comércio de imóveis com o uso do bitcoin já é uma realidade e cita como exemplo um lote em um condomínio na cidade de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, cujo proprietário aceita a moeda virtual como pagamento.

O dono do imóvel é o advogado Carlos Henrique de Oliveira Gomes que explica, ao contrário do que muita gente diz que ele consegue fazer a conversão em real logo após a transação, caso a cotação esteja em alta. Caso não esteja, logicamente, o advogado deve acompanhar as bolsas e fazer a conversão assim que possível.

Mas e o sobe e desce do Bitcoin ? Como agir em uma venda de imóveis ?

O maior problema hoje das criptomoedas é seu sobe e desce, que pode causar um grande problema em investidores de imóveis que são muito conservadores. O Bitcoin pode valer hoje uns 30 mil e amanhã cair para 28 mil e até menos.

Não dá realmente para mensurar uma possível perda neste mercado. Outra questão muito problemática com o Bitcoin e principalmente, para investidores de imóveis é a segurança em guardá-los.

Todos sabemos que o importante é realmente guardar as moedas com você, mas investidores tradicionais podem preferir corretoras. O grande problema é que elas acabam sendo invadidas em algum momento e podem gerar prejuízos às partes envolvidas.

Em casos como este a NetImóveis e seu presidente terão realmente um caminho a percorrer e fornecer uma plataforma de troca de criptomoedas mais segura para que os envolvidos possam ter a segurança em vender em cripto, e receber rapidamente o valor em reais ou na moeda que preferirem.

Isto tornará a adoção desta tipo de pagamento em criptomoedas algo mais fácil. E um sistema que receba o pagamento e o converta rapidamente dá ao vendedor a capacidade de não sofrer tantos problemas no sobe e desce do Bitcoin.

O caminho é bem longo já que o Banco Central brasileiro emitiu um comunicado  alertando que as criptomoedas não são emitidas nem garantidas por qualquer autoridade monetária, por isso não têm garantia de conversão.

Cabe a quem quer ver elas adotadas em larga escala, lutar para que elas realmente cheguem aos usuários rapidamente.