O que é Mineração em Nuvem ?

Você caiu neste tal mundo do Bitcoin e lhe veio a dúvida, como minerar já que você não tem espaço, tempo ou dinheiro para comprar e ainda, conhecimento para manter toda a estrutura funcionando de modo correto.

Se isto é um problema a Mineração em Cloud acaba aparecendo como opção para você.

Este post não será para lhe mostrar os prós e contras desta modalidade de mineração ( alias, os contras são muito maiores que os prós ) mas para lhe apresentar o conceito.

Resumindo tudo, a Mineração em Cloud permite que você minere Bitcoins a partir de um datacenter com poder de processamento compartilhado ( ou dedicado ).

É como a hospedagem de um site, só que você estará hospedando os hashes necessários para que você gere Bitcoins.

Em suma, se em uma empresa de hospedagem, ao invés de você ter o site em sua casa, com o hardware e links de dados necessários para este fim, você aluga um espaço para ter seu site e arquivos lá, na Mineração em Nuvem,  você fará a mesma coisa, só que para o hardware de BitCoin.

Vamos conhecer os tipos de Mineração em Nuvem ?

Temos 3 tipos básicos de Mineração em Nuvem e cada uma com suas características básicas :

  • Hospedagem de hardware : você aluga um servidor de mineração físico que é hospedado e mantido por um provedor. Para quem tem servidores dedicados alugados em datacenters do exterior, seria o mesmo.
    Outra forma seria comprar seu próprio hardware e alugar um espaço em um provedor ( ou qualquer local ) para hospedar o seu servidor para este fim.
  • Servidor virtual de mineração – basicamente seria alugar uma VPS e instalar a sua própria estrutura de mineração. O grande problema é que hoje a mineração via CPU não é lá muito rentável então tal forma teria que ser muito bem estudada para realmente ser legal e interessante.
  • Hashs alugados – na realidade esta é a forma mais comum que temos hoje. Mineradoras com a Genesis teoricamente trabalham deste modo. Você vai lá, compra uma quantidade de poder de mineração ( os hashs ) que é gerado pelo hardware que eles tem em seus datacenters remotos. E com isto você receberá uma fração dos bitcoins gerados pelo datacenter de acordo com o que você comprou.
    Este como eu disse é o modo mais comum que achamos hoje no mercado.

Com o tempo eu irei falando sobre cada uma destas formas de mineração (e seus representantes ) aqui no blog.

E em breve solto um artigo falando sobre Mineração em Nuvem e se ela realmente vale a pena como você verá em muitos sites por aí.